Fórum para Crossdressers, Transgêneros e Supporters
 
InícioInício  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Inversão de papéis no sexo: pessoas que curtem contam suas experiências...
Dom 12 Nov 2017, 19:45 por Akai San

» Quadrinhos CD/TS
Sab 04 Nov 2017, 13:52 por Akai San

» Cross Cam!!
Qua 01 Nov 2017, 08:49 por stefanyemian

» 8 coisas que todos precisam saber sobre a próstata
Ter 31 Out 2017, 15:30 por stefanyemian

» O fetiche da inversão de papéis é mais antigo do que você imagina
Sex 06 Out 2017, 19:42 por juh.cdzinha

» Top 7 Regras de Lingerie
Qua 04 Out 2017, 07:24 por kinkyceline

» Nome social no CPF
Qua 23 Ago 2017, 17:38 por Luisa_2u

» Espiritismo e CDing
Qua 23 Ago 2017, 14:28 por stefanyemian

» Filmes relacionados ao mundo cd
Qui 03 Ago 2017, 17:15 por VanessaRinaldi

» O QUE É SER BISSEXUAL?
Sex 28 Jul 2017, 13:33 por stefanyemian

Tópicos mais ativos
videos de transformações e afins
Quadrinhos CD/TS
grupo de brolita
SUGESTÕES DIVERSAS - "SAU"
Vestimentas na Bíblia
Inferno - Realidade ou invenção?
Você deixaria seu filho assistir o desenho de um super heroi Crossdresser?
Divulgação de Blog's
Dicionário Crossdressing Place
Crossdressing Clube em Campinas - SP
Estatísticas
Temos 695 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Adriana

Os nossos membros postaram um total de 25120 mensagens em 1280 assuntos
Contador de Visitas

Compartilhe | 
 

 "Eu quero ser uma mulher"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
stefanyemian
CD Master
CD Master
avatar


MensagemAssunto: "Eu quero ser uma mulher"   Ter 01 Nov 2016, 07:38

31/10/2016 20h49 - Atualizado em 31/10/2016 21h04
"Eu quero ser uma mulher": Australiana relata como seu marido se tornou sua esposa


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Foto: Reprodução/DailyMail

A australiana Susanna Liang, de 29 anos, não imaginava quando foi morar junto com seu marido que, dois anos depois, ele se tornaria sua esposa. O casal, que se conheceu na internet em 2008, mantinha um relacionamento como qualquer outro quando Andrew confessou à amada que gostaria de ser uma mulher. 
"Você vai me odiar, mas eu quero ser uma mulher. Eu não posso olhar meu filho nos olhos e dizer para ele ser ele mesmo quando eu sou uma hipócrita", falou Andrew, que hoje se assume como Andrea, na época. 
"Eu fiquei totalmente em choque. Eu não sabia como reagir, mas disse: 'Tudo bem'. Decidi seguir em frente e pesquisar sobre isso. Depois que li algumas informações, me senti melhor equipada, mas ainda preocupada. Ela continuaria a ser a mesma pessoa quando sua voz e corpo mudassem tanto?", contou Susanna ao jornal inglês "Daily Mail". 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Foto: Reprodução/DailyMail

Apesar do susto do momento inicial, as duas enfrentaram a situação juntas e começaram a fazer tratamento hormonal: Andrea para a transição de gênero e Susanna para fazer uma fertilização in vitro. "Nós sempre quisemos ter um bebê, mas não podíamos porque a Andrea tem uma baixa contagem de espermatozóides", explicou Sussana. 
"Assim que nós duas começamos a tomar hormônios foi estranho porque nossos corpos começaram a mudar. No começo não era grande coisa - os cabelos de Andrea começaram a crescer e ela começou a se vestir diferente. Mais tarde, coisas como sua voz e corpo começaram a mudar também", continuou a australiana. 
Hoje mães de um menininho de um ano, as duas garantem que o relacionamento segue firme e forte e contam que tiveram reações positivas da família quando contaram a mudança. "Minha família, amigos e até mesmo pessoas que eu mal conhecia estão sendo muito positivas. É ótimo. Nós estamos muito felizes juntas e esperamos aumentar a família em um futuro próximo"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Fotos: Reprodução/DailyMail
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

São José do Rio Preto - SP
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stephanie
CD Avançada
CD Avançada
avatar


MensagemAssunto: Re: "Eu quero ser uma mulher"   Ter 01 Nov 2016, 14:45

Bacana isso, porque sempre que há uma mudança de sexo envolvida em um relacionamento, ele se desfaz, mas esse continuou firme. Isso é positivo, porque todos deveriam ser felizes como gostariam...

_________________
Beijinhos, Stephanie!!!  [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Claudia Regina Linhares




MensagemAssunto: Re: "Eu quero ser uma mulher"   Sex 18 Nov 2016, 23:39

Eu falo por mim que ser uma crossdresser foi o meu primeiro passo. Agora eu pretendo ser uma mulher trans, mas para isso eu tenho que passar por exames, psicólogos, etc.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mariza Enrique
CD de Armário
CD de Armário
avatar


MensagemAssunto: Re: "Eu quero ser uma mulher"   Sab 19 Nov 2016, 02:48

Eu e minha esposa temos planos de tentar um filho no ano que vem. Ai dou uma segurada no TH e torcer para dar certo.

_________________
Antes eu me montava quando chegava em casa e desmontava quando saía. Agora inverteu! [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mariza Enrique
CD de Armário
CD de Armário
avatar


MensagemAssunto: Re: "Eu quero ser uma mulher"   Sab 19 Nov 2016, 03:09

Claudia Regina Linhares escreveu:
Eu falo por mim que ser uma crossdresser foi o meu primeiro passo. Agora eu pretendo ser uma mulher trans, mas para isso eu tenho que passar por exames, psicólogos, etc.
Amiga, é um passo e tanto. Eu tomei essa decisão no começo do ano. Começou com a ideia de não me esconder mais, mas ainda não sabia direito o que era. Fiquei pensando um bom tempo e quando contei para quer ia de vez e me tornar trans e aceitou tranquilamente, tinha um medo de perde-la se fizesse a transição. Depois vem o calculo do tamanho da conta. Fiquei pensando no meu filho (tem 8 anos), pensei na minha familia, pensei no impacto no trabalho. Comecei a resolver um por um. meu filho foi super tranquilo contei pra ele que era menina por dentro ele olhou pra mim e falou "tá" da forma mais tranquila possivel, minha familia aceitou e esta no periodo de adaptação e no trabalho vi que o que sei fazer me da uma certa blindagem. mas na verdade voce nem conta muito com a reação dos outros, é algo dentro de voce. vale a pena essa vida? vale a pena fingir ser outra pessoa para ser aceito? a premissa da familia é o amor incondicional, se é preciso por uma mascara para ser aceito então ja tem condição. Eu pensei muito em olhar pra traz no fim da vida e ver que voce poderia ter sido livre. 
O acompanhamento psicológico é interessante, mas la no fundo parece que voce meio que ja sabe a resposta. Eu ate o começo do ano não me via trans, mas vira e mexe me perguntava como seria viver como mulher. eu fiz por uns meses e ajudou. O campo profissional tem que ser levado em conta, se o custo de se revelar trans vai por em risco sua renda. ou pelo menos ter uma estimativa desse impacto. de qualquer forma vale o que falo para todos: estude, seja boa no que faz, seja a melhor ou lute para isso. assim voce consegue um cenario melhor. o preconceito existe e não tem lei que mude a cabeça do povo. se o cara nao for com a cara de trans, nao contrata. Nem preciso falar que nas empresas que comandar todos terão portas abertas, mas o mercado não é assim tão bonitinho. Não se preocupe muito com o corpo, faça as pazes com ele. Se permita ser voce independente do externo. Eu encanei um bom tempo com o corpo, imaginando um corpo de mulher. Não adianta, desencana e pronto.
Não é la muito facil, mas tambem não é tão pesado assim, a liberdade te motiva a continuar. E so posso falar que é algo maravilhoso, muita gente te trata mal, mas muita gente te trata bem tambem, uma experiencia diferente a cada dia. Antes a vida era cinza para mim, agora ela é colorida.

_________________
Antes eu me montava quando chegava em casa e desmontava quando saía. Agora inverteu! [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Stephanie
CD Avançada
CD Avançada
avatar


MensagemAssunto: Re: "Eu quero ser uma mulher"   Sab 19 Nov 2016, 16:04

Olá amigas, fico feliz em ver que a Mariza conseguiu enfrentar e vencer os obstáculos que a impediam de ser feliz. Confesso que também pensei na mudança de sexo, mas no meu caso acabei descobrindo que é só um fetiche, um gosto por me montar. Beijinhos para todas!

_________________
Beijinhos, Stephanie!!!  [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: "Eu quero ser uma mulher"   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
"Eu quero ser uma mulher"
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Crossdressing Place :: Artigos-
Ir para: